AMPARAR - Associação das Mulheres para Apoio às Raparigas Rurais

Visão da Organização:
Um mundo livre de pobreza, de tolerância e justiça, onde todos seres humanos em particular as criança, quer nos centros urbano ou rurais possam viver com dignidade e igualdade de direitos e oportunidade.

Missão da Organização:
Para transformar a vida das pessoas marginalizadas, especialmente as crianças vulneráveis em matéria de melhoria de qualidade de vida em seu futuro.

Objectivos da Organização:

  • Contribuir na promoção e protecção dos direitos da criança através de mobilização de recursos para a realização de actividades socioeducativas;
  • Fortalecer as capacidades das comunidades rurais em diversas áreas;
  • Prestar Assistência integrada as crianças Órfãs e Vulneráveis especialmente as raparigas.

Additional Info

  • Tipo de membro: Efectivo
  • ROSC/CECAP: ROSC, CECAP
  • Ano da sua criação: 2012
  • Data de Criação: quarta-feira, 29 agosto 2012
  • Endereço Físico da Sede da Organização: Estrada nacional nº 1, Localidade de Cazuzu, Distrito de Murrupula, Província de Nampula.
  • Telefone Fixo: 861263700
  • Email: Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.
  • Localização dos Membros: Nampula
  • Director, Coordenador?: Director(a) Executivo(a)
  • Pessoa de Contacto:

    Nome: Iauehaca Joana meha
    Posição: Directora Executiva
    Contacto (email): Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar. ou Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.
    Tel/Celular: 844639205 ou 861263700

  • Está registada legalmente?: Sim
  • Boletim da República (BR):: Não
  • Tem Plano Estratégico?: Não
  • Tem Planos Anuais?: Sim
  • Realizam Assembleias?: Sim
  • Quantas Assembleias já realizaram?: Foram realizadas 18 Assembleias Ordinárias
  • Quando foi a última Assembleia: Novembro de 2017
  • É membro de outras Redes, Plataformas, Organizações ou Movimentos?: Sim
  • Quais?: 1. Movimento pela Paz 2. Rede da Criança; 3. REPROCRINA; 4. CECAP – Coligação para Eliminação dos casamentos prematuros; 5. Plataforma Provincial das OSC de Nampula; 6. Fórum Mulher 7. Rede temática de saúde; 8. Rede temática de Educação;
  • Mesa da Assembleia: Sim
  • Conselho Fiscal: Sim
  • Conselho de Direcção ou outra Designação: Sim
  • Pessoal/Staff

  • Número de Pessoal/Staff: 7
  • Posições: 1. Directora Executiva; 2. Gestor de Programas; 3. Contabilista; 4. Assistente administrativa; 5. Oficial de Advocacia e Lobby; 6. Recepcionista estafeta; 7. Guarda
  • Parceiros/Doadores: N/A
  • Software Específico para Finanças: Não temos Programa específico de Software para Finanças, passando a fazer o Orçamento no Excel, devido a falta de recursos que nos permitam adquiri-lo.
  • Quando é que ingressou/entrou como membro do ROSC: 2014
  • Quais as razões que o levaram a ser membro do ROSC: 1. Troca de experiencia da área dos Direitos da Criança; 2. Fortalecimento da voz das OSC nos processos de advocacia a diferentes níveis; 3. Aprender uns e com os outros os diferentes instrumentos normativos que regulam a actuação na área de Protecção da criança e evitar a duplicação dos esforços;
  • Principais Programas ou Projectos ou Campanhas da organização:

    1. Planificação distrital Baseado em Direitos da Criança;
    2. Comunidades Sem casamentos Prematuros;
    3. Construindo uma Geração Futura de Cidadãos Activos;

  • Área de actuação/Áreas temáticas: Monitoria e Avaliação das Politicas Públicas, Advocacia sobre acesso aos Serviços sociais Públicos de qualidade, Participação da Criança nos Processos de tomada de decisão sobre assuntos que a ela dizem respeito
  • Área Geográfica de Actuação

  • Províncias de Actuação: Nampula
  • Distritos de Actuação: Murrupula
  • Grupos alvo com quem trabalham (ONG's):

    Sim, Instituições provinciais, distritais e da localidade, Caso de escolas de Mulio, Halaka e Cazuzu.

  • Líderes Comunitários e Religiosos?: Sim
  • Matronas dos Ritos de Iniciação: Sim
  • Grupos alvo a quem beneficiam: As Crianças de 0 – 18 de idade, entre elas: as raparigas são beneficiárias das intervenções, sejam em risco das diferentes formas de violência perpetrada contra menores, incluindo os casamentos, uniões forçadas e gravidezes precoces.
Read 1164 times

©2019 ROSC - Fórum da Sociedade Civil para os Direitos da Criança
Todos Direitos Reservados

Desenvolvido por: DotCom, Lda